London - Parte 3

Gentemm... eu sei, eu sei... a pessoa aparece e some, aparece e some.. mas eu devo repetir mais uma vez, again... o mestrado tem consumido muito tempo e então, eu não estou conseguindo manter uma rotina de posts... (esse é o plurar? Não sei... enfim...) Mas cá estou eu para contar mais algumas coisas legais sobre Londres e vou tentar reunir todas as outras dicas nesse único post... sim, porque passei 6 dias por lá e antes tinha pensado em fazer 1 post para cada dia, mas como me atrasei bastante, vou tentar colocar tudo neste agora. Let's go!

Quem vai a Londres, pensa logo na rainha e consequentemente no Palácio. Então a dica que eu tenho é para quem quer assistir a troca da guarda. A troca acontece tanto no Palácio de Buckingham como no Castelo de Windsor. A que eu assisti foi no Palácio e já vale pela arquitetura local, fora o jardim que tem ao redor.


DICA: Se você quer assistir alguma coisa de fato, chegue pelo menos 1 hora a 1:30 antes do horário marcado para a troca.

A cerimônia acontece as 11:30 da manhã, em dias alternados, portanto, antes de ir, confiram direitinho o dia que irá acontecer e o local. AQUI!

Então, chegamos super cedo e pegamos um lugarzinho colado na grade e quando eu digo colado é porque foi literalmente colado, pois quando foi chegando perto do horário, lotou de gente e eles vão apertando a pessoa contra a grade.


Então, eu gostei do evento, porémmmm, achei muito longo, dura cerca de 1 hora.. então contando com a hora que chegamos antecipados, ficamos cerca de 2 horas em pé, sem praticamente se mexer... Eu fiquei com muitaaaa dor na coluna depois disso, então, valeu a pena ter ido, mas não repetiria. No final da troca, a banda real toca algumas músicas... Uma parte no vídeo abaixo...


Saindo da troca, fomos procurar algum lugar para almoçar, mas todos os lugares próximos são super caros... andamos muitoooo até encontrarmos um lugar mais acessível e acabamos parando em um lugar bem legal e comemos paella.. Não tirei foto porque neste momento estava quase desmaiando de fome e cansaço, então nem lembrei da câmera... kkkk

Um outro lugar bem bacana que se você tiver tempo não deixe de ir é em Greenwich. Lá você pode visitar o museu, ver o planetário e tem uma vista maravilhosa... para tudo isso, tem uma ladeira considerável, mas nada que com calma e persistência você não consiga subir. Até a subida, tem um parque lindoo, típico daqueles filmes onde tem famílias fazendo piquenique e correndo com cachorros... Quando nós fomos o clima não estava nada favorável para isso, mas mesmo assim, ainda tinham pessoas com seus cachorros.

Algumas fotos de lá:








Nós também fomos ao Museu de História natural.. onde foi filmado o filme Uma noite no museu..


Gente, vale salientar que tudo isso não foi no mesmo dia.. fiz uma compilação dos últimos passeios que se deram ao longo dos últimos 3 dias e meio (sim, porque o último dia fomos para o aeroporto por volta das 10:30 da manhã).

Um bairro bem famoso é Candem Town, conhecido também como o bairro da Amy Winehouse. Gente, é bem doido  diferente mesmo. Muito legal! 


Se você for até lá, procure por essa loja... É um negócio diferente de tudo que eu já vi, bem filme "do futuro" mesmo.




E como não poderíamos deixar de ir, ainda fomos na estação King Cross, para tirar foto no carrinho do Harry... kkkk Claro, o carrinho que aparece no filme da Estação 9 3/4



A estação é lindaaaaaaa... esse pilar - árvore... fiquei bestificada pasma olhando para essa lindeza...

 A fila para fotografar no carrinho é enormee... mas anda rápido. Você deve estar se perguntando "mas você levou o lenço igualzinho ao do Harry? (Se não está, eu me perguntei isso.. kkk) E a resposta é não.. eu não levei.. .eles têm lá.. É um negócio, claro! E muito bem organizado. Tem uma fotógrafa que fica tirando a foto das pessoas na fila e uma ajudante que te dá o lenço e segura para parecer que ele está voando.. e ela bate sua foto e se você quiser comprá-la, tem uma lojinha ao lado com todos os artigos dignos dos fãs da saga Harry Potter e que tenham dinheiro no bolso, lógico. Se não me engano, a foto eram 5 libras e claro que eu não comprei, bati com minha própria câmera e não dei o pulinho porque não estava aguentando de dor na coluna ainda por conta da troca da guarda. ¬¬

Também ainda fomos na Abbey Road, a famosa faixa de pedestres da capa dos Beatles. Devo admitir que é bem difícil tirar uma foto lá, primeiro porque não tem sinal de trânsito e os coitados habitantes locais tem que ficar parando para as pessoas que querem posar para a foto e segundo porque a concorrência é bem grande.


Enquanto estávamos lá tentando tirar uma foto, um senhorzinho estava entregando panfleto de uma lojinha de produtos dos Beatles, bem legal...


E para fechar tudo isso, passamos pelo Hyde Park. E quando eu digo passamos é porque foi bem isso mesmo. Podem reparar que eu estava segurando um casaco na mão, fora as mil roupas que estava vestida, já estávamos prontos para ir embora... O Hyde park é gigante e não deu para conhecer quase nada, mas pelo menos matei a vontade de ver e dar comida para um esquilinho lindo e fofo!



Sei que foi muita coisa que fiz mas também porque fiquei muitos dias... então se você não tem tanto tempo, veja o que mais te agrada e tente organizar seus passeios, porém não fique extremamente preso a ele. Curta cada local que puder ao máximo, aproveite!

Desculpe se  o post ficou longo, mas queria terminar tudo nesse post para não atrasar tanto mais!

Beijos e até a próxima.

London - Parte 2




E lá vamos nós pro segundo dia de aventuras e dicas...
A começar pelo nosso café da manhã, que foi uma surpresa, já que estávamos pensando que nosso hostel não tinha café da manhã e tinha! \o/ Não era lá tão cheio de coisas, como somos acostumados no Brasil, mas também, era um hostel e em Londres, então, nada a reclamar. Tinha croissant, sucrilhos, iogurte, geléias, manteiga, suco, café, chocolate quente e leite, além da fruta (todo dia era uma diferente, geralmente, maçãs e pêra.). Muito bom!
Para o segundo dia, preparamos visitas aos museus. Começamos pelo National Gallery. Sim, museus em Londres são gratuitos e tem para todos os gostos... Tem museu de tudo gente, é só procurar. Fomos nos mais "famosos". O National Gallery é enorme e tem uma arquitetura linda, sem falar no hall, que é fantástico. Vale a pena conferir... principalmente para você que é fã de Van Gogh!


 


 

 Olhem esse piso... (só fico imaginando o ser que ficou colocando quadradinho por quadradinho para montar o desenho... um artista de verdade)
 

DICA: O museu é muito grande e tem 1241535136 obras (número fictício, não se dêem o trabalho de ler o número... kkkk) foquem nos pintores que querem ver... Eu por exemplo, não tinha pesquisando antes (#burra) e fui sem saber que Os girassóis de Van Gogh estava lá, quase ia embora sem ver.. Só quando fui na lojinha de souvenirs, que vi várias coisas com a imagem da tela, que pensei "não é possível, essa obra só pode estar aqui"... até que JK teve a brilhante ideia de perguntar e SIM, tinha uma ala toda "SÓ" com obras famosas de Van Gogh. (Ai ai, eu não ia me perdoar.. )


Os girassóis - Vicent Van Gogh


A cadeira com cachimbo - Van Gogh também, com certeza, vocês já devem ter visto esse quadro em algum livro no colégio... (Desculpem a qualidade, tirei com celular e não ficou nada bom... )
 


 Venus and Mars - Botticelli



 Também tem obras de Renoir...


 Saindo do museu, o clima começou a fechar e isso é normal. Esperamos a nuvem mais forte "despencar" e depois fomos almoçar num chinês (porque era mais barato) e ficamos caminhando pelos bairros perto e partimos até Coven Garden conhecer as famosas lojas de "griffe" dos ricos.

Escada da Apple Store... linda!


Apresentações no mercado. Muitos artistas de "rua". 


A noite dá para tirar fotos muito lindas! Aproveitem!


Bom, esse foi o segundo dia, que não foi tão cheio, pois passamos metade do dia no museu...
Aguardem os próximos.
Beijos e até mais!
JK



London - Parte 1

Gente, demorei, eu sei... Mas é que chegar de viagem, ter que arrumar tudo e ainda focar no mestrado, não é moleza...

Vou dividir o post de Londres em várias partes, para não ficar muito longo em 1 só.
Vamos lá. Chegamos em Londres pelo aeroporto Stansted, que é o que opera vôos da ryanair. Passamos pela imigração. Como éramos um grupo de 7 pessoas e só 1 falava inglês fluentemente, este passou primeiro e ficou intermediando os outros. Mas foi tranquilo, você tem que mostrar sua passagem de volta, seu passaporte (lógico), o local onde irá ficar e só. Ela nem me perguntou nada, porém, encrencou com um dos meninos, até quanto dinheiro ele tinha, ela quis saber... mas acho que é só implicância, para ser com mais emoção. kkkkk

No aeroporto mesmo do Porto, compramos o transfer de ida e volta do aeroporto de Londres até o centro da cidade, fica o mesmo preço de comprar na hora. No aeroporto do Porto podia escolher pagar em euros ou em libras. Eu não tinha mais euro na carteira, então acabei comprando em libras mesmo, 16 libras, ida e volta. Então, fomos pegar o ônibus que leva mais de 1 hora para chegar ao centro da cidade. Descemos na estação Victoria e logo ao lado, tem a estação de metrô. Lá na estação, tem o lugar que você compra seu passe único, chamado Oyster. Gente, essa é uma ótima dica para quem vai para Londres. O oyster te dá direito a transporte ilimitado pela cidade, metrô e ônibus. É uma belezura e você escolhe quantos dias vai querer. No meu caso, foram 6 dias e paguei 38 libras, sem falar que quando você termina sua viagem, você volta lá e devolve o cartão e eles te devolvem 5 libras também. Pegamos o metrô para o nosso hostel, que eu super indico também. Foi uma surpresa muitoooo boa. O hostel é lindo, novinho, super cuidado e perto de uma estação de metrô. O nome é Safestay Elephant and Castle.  Fica na Zona 2. (Sim, porque é um cuidado que você tem que ter quando for reservar seu hotel/hostel. Lá é dividido por zonas e a partir da 3, já fica longe de tudo. Cuidado!)



O nosso hostel, reservamos pelo Booking. Ficamos num quarto com 06 camas e saiu por 75 libras as 06 noites. Um achado, dado que os preços em Londres não são nada amigáveis.

No primeiro dia mesmo, já tínhamos reservado uma visita em um dos prédios mais altos de lá. O Sky Garden. É uma visita que vale muito a pena, principalmente se você não quer pagar para andar na London Eye. O site que tem que fazer a reserva é esse aqui!
 


Sim, nessa área de visitação você pode tomar um café ou um drink e ainda comer alguma coisa. Claro que para isso terá que colocar a mão no bolso sem dó. ;)



Quando olhamos aí de cima, vimos a London Eye e pensamos "ah, não é muito longe, vamos andando?" Vocês já imaginam o resultado não é? Clarooo, mais de 1 hora andando... Mas não foi ruim, conhecemos um pouco a vivência do lugar, sem falar que tudo pareceu lindo.

No caminho, paramos para tirar foto da Tower Bridge.


O prédio Caco de Vidro, o mais alto da Europa Ocidental, do arquiteto Renzo Piano. Ele é coberto por 11 mil placas de vidro e pode ser visto de qualquer canto da cidade.


E essa igreja linda, que não sei o nome...



E finalmente, chegamos a tão famosa London Eye!





De todos os ângulos eu achei ela linda. Realmente é enormeee... Agora assim, eu já imaginava que ela girava devagar, mas gente... é MUITO devagar mesmo... Ao fundo, o Big Ben. É bem pertinho, só atravessar a ponte.
DICA: Pertinho da London Eye, tem um Mcdonald's. Acabamos comendo por lá mesmo. Um dos lugares mais baratos. Lá tem wifi grátis, para quem, como eu, não usa o 3G em viagens ou é pobre mesmo.




Daí ainda fomos para a Picadilly Circus...



E advinhem o quê tem por lá? Tchanram... A loja do MM's... *_*






Ai gente, é tanta coisa linda... Tanta coisa gostosa e claro, caraaaa... Comprei 100graminhas só para dizer que não comprei nadinha... =/

E pelo primeiro dia, foi TUDO isso, voltamos pro hostel, mortos de cansados...